HOMO PATITUR

(2018)

 

 

 

 

 

HOMO PATITUR, terceiro trabalho do grupo Eco Teatral, trata-se de um monólogo existencial praticamente sem fala a respeito de temas cabais para compreensão da humanidade – a solidão, o suicídio e Deus. Amparado pelo texto "O Mito de Sísifo" do escrito argelino Albert Camus e alusões ao teatro do absurdo, narra-se em 60 minutos a história de um homem que foi deixado a sua própria sorte numa estrada que nunca ousou percorrer, cujo seu único modo de sobrevivência é através do aluguel do uso de um banheiro carcomido pelo tempo; tendo como companheiros um cachorro que nunca vemos e a esperança de que alguém apareça – vestígios de existência.

 

 

 

FICHA TÉCNICA

 

Direção e Dramaturgia

Thiago Franco Balieiro

 

Elenco

Lucas Cabrini

Iluminação

Gustavo Gus

Figurinos

Rosangela Ribeiro

 

Cenografia

Amanda Venturelli

 

Projeto Gráfico

Angela Ribeiro

 

Colaboradores

Philipp Lavra e Tico Dias

 

VIDEOS

FOTOS

© 2012 by Eco Teatral

  • Facebook Clean
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle