REFERÊNCIAS TEATRAIS E PROCEDIMENTOS CÊNICOS

​​         Com a proposta de fomentar o imaginário com diferentes experiências estéticas, em cada encontro será exibido um espetáculo. Após esse compartilhamento, acontece uma roda de conversa que é amparada por um material de leitura previamente acordado. O convite é que o corpo discente seja possibilitado - a partir das referências vivenciadas - a articular um pensamento crítico sobre as obras e, consequentemente, sobre o próprio trabalho. Na necessidade de estruturar suas ideias para traduzi-las à linguagem e, assim, efetivar a comunicação com o Outro, o ator/a atriz vivenciará todo exercício que envolve a argumentação.  

CAMILA FERRAZZANO

SOBRE CAMILA

 

          Atriz formada com habilitação em interpretação teatral pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP). Cursou até o quarto termo (período referente a dois anos) da Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo (EAD/ECA/USP). Atualmente cursa Pós-Graduação em Teoria Psicanalítica na PUC. Autora do livro "Orações Subordinadas", publicado pela editora independente Patuá (2019). Núcleo de Dramaturgia do SESI (2020), onde desenvolveu o texto “com ela”, tendo leitura dramática dirigida por Kiko Marques no evento Portas Abertas (2020). Equipe de Apoio do Núcleo de Artes Cênicas - NAC - ministrado por Lee Taylor (2015-2020). Contemplada pelo ProAC Primeiras Obras 2019, nos projetos "Sentença", no qual desempenhou a função de atriz e "Medeia Exul: Ensaios sobre o poder", no qual além da atuação, assinou também a dramaturgia. Contemplada pelo Edital Cultura Inglesa 2018, no espetáculo "Incógnito", texto de Nick Payne. Integrante do Centro de Pesquisa Teatral, ministrado por Antunes Filho (2017-2018). Ex-Aprendiz de Atuação da SP Escola de Teatro (2016). Em eventos acadêmicos do Instituto de Artes da UNESP, apresentou a pesquisa vocal desenvolvida junto ao Núcleo de Artes Cênicas, no "Voz, Arte e Expressividade", coordenado pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - SBFa (2015) e participou do lll Seminário de Vozes Performáticas: Musicalidades em Cena, organizado pela Prof. Dra. Wânia Mara Agostini Storolli (2015). Atuou em mais de quinze espetáculos sendo algum deles "Improvisação 70" com direção de Cristiane Paoli-Quito, “A gaivota”, direção de Kiko Marques, "Fim de Festa", direção de Lucienne Guedes e "DOC.(des)prezados direção de Lee Taylor e orientação de Alexandre Mate. Em espaços culturais predominantemente públicos, esteve em contato com artistas como Tiago Rodrigues, Gonçalo M. Tavares, Kênia Dias, Marcio Abreu, Isabel Setti, Janaína Leite, Zé Henrique de Paula, Fernanda Maia, Vanessa Bruno, Gustavo Colombini, Marcia Abujamra, entre outrxs. Além disso é profissionalizada pela Recriarte (2010-2014).